greve 2020

Saque Emergencial do FGTS – Quem tem direito?

O saque emergencial do FGTS já está liberado e o valor de até R$1045 chega em boa hora para muitas pessoas que vem passando por uma crise com a pandemia do Coronavírus que já se estende por todo mundo. Com isso, muitas pessoas tiveram a sua jornada de trabalho reduzida e com isso o valor dos seus salários também. Assim, o Governo liberou que fossem autorizados os saques do FGTS de contas ativas e inativas, ou seja, mesmo que você esteja trabalhando, pode retirar esse valor para complementar a sua renda. 

Muitas pessoas não sabem que têm direito ao saque emergencial do FGTS, se você está em dúvidas se tem ou não, continue lendo que vamos explicar quem pode fazer o saque. 

O que é o saque emergencial do FGTS

O saque emergencial do FGTS é a possibilidade de retirar os valores das contas ativas e inativas para aqueles já trabalharam com carteira assinada. As contas ativas, são aquelas de trabalhadores que estão trabalhando no momento e com sua carteira assinada, sendo assim, continuam tendo depósitos em suas contas do FGTS mensalmente. 

Já as contas inativas, pertencem aqueles trabalhadores que pediram demissão ou foram mandados embora com justa causa, sem direito de fazer esse saque após a sua demissão. 

Muitos trabalhadores em exercício têm contas inativas que nunca foram acessadas, mas agora com o saque emergencial do FGTS elas podem ser acessadas e o dinheiro retirado. 

Quem tem direito?

Todos os trabalhadores com conta ativa e inativa podem fazer o saque emergencial do FGTS. O valor será creditado na poupança virtual da Caixa, a mesma que os beneficiários do auxílio emergencial do Governo estão recebendo. 

Essa poupança é aberta automaticamente e o valor será creditado de acordo com um calendário que segue o mês de aniversário dos trabalhadores. 

O valor é depositado de maneira automática e disponibilizado por 90 dias ou então retorna para o fundo. 

Qual o valor do saque emergencial?

O valor máximo que pode ser sacado é de R$1045 reais por conta do FGTS, mesmo que você tenha um valor maior do que esse disponível, só pode sacar esse valor em cada conta. Entretanto, se tiver mais de uma conta pode sacar de mais de uma, sendo primeiro os valores da mais antiga, mesmo que seja um valor menor que um salário. 

Calendário de saque

O valor do depósito e o de saque disponível é diferente da data disponível para saque, por isso é preciso ficar de olho para isso, pois mesmo com o dinheiro na conta, o saque em espécie não é no mesmo dia. 

Mas é possível pagar boletos, fazer compras com o cartão de débito virtual e muito mais. Confira abaixo o calendário completo de depósito e saque desse benefício. 

 

Mês de nascimento Dia do crédito na conta poupança social digital data para saque em espécie
janeiro 29 de junho 25 de julho
fevereiro 06 de julho 08 de agosto
março 13 de julho 22 de agosto
abril 20 de julho 05 de setembro
maio 27 de julho 19 de setembro
junho 03 de agosto 03 de outubro
julho 10 de agosto 17 de outubro
agosto 24 de agosto 17 de outubro
setembro 31 de agosto 31 de outubro
outubro 08 de setembro 31 de outubro
novembro 14 de setembro 14 de novembro
dezembro 21 de setembro 14 de novembro

O que acontece se não sacar os valores?

Todos os depósitos são feitos de maneira automática e ficam disponíveis por 90 dias, caso você não queira realizar o saque do valor ele volta automaticamente para o seu fundo de garantia por tempo de serviço. 

E assim, quando você precisar o valor vai está lá. 

 

Deixe um comentário