Registrato Bacen – Passo a Passo

Sabia que os brasileiros já podem acessar de forma rápida e segura pela internet relatórios com todas as informações sobre seus relacionamentos com instituições financeiras, suas operações de crédito e de câmbio, bem como suas chaves PIX,e tudo isso em um só lugar? Isso é feito por meio do Registrato Bacen (Registrato do Banco Central).

Lançado em 2021, o BC aprimorou a ferramenta e ampliou os serviços disponíveis. Atualmente, ela está sendo muito utilizada porque o BC lançou o Sistema Valores a Receber (SVR), para que a população possa verificar se tem dinheiro para receber de bancos ou instituições financeiras.

Porém, vale ressaltar que o Registrato não é mais usado para acessar os valores a receber, que agora possuem um site específico para esse fim.

Continue lendo para saber mais.

O que é o Registrato Bacen?

De forma resumida, o Registrato é um sistema onde você consegue consultar informações sobre toda a sua vida financeira. Isso é feito por meio de relatórios que têm como base informações enviadas pelas instituições financeiras ao Banco Central.

Qualquer pessoa, brasileira ou estrangeira, que possua um CPF pode utilizar o serviço. Lembrando que o acesso é gratuito.

Informações disponíveis no Registrato Bacen

Confira a seguir as informações que podem ser acessadas por meio da ferramenta:

  1. Informações sobre empréstimos e financiamentos em seu nome.
  2. Lista dos bancos e financeiras onde você possui conta ou outro tipo de relacionamento, como investimentos.
  3. Relação dos seus cheques que foram devolvidos.
  4. Consulta a suas dívidas com órgãos públicos inscritas no Cadin Federal.
  5. Suas chaves Pix cadastradas em bancos, instituições de pagamento e outros.
  6. Dados sobre operações de câmbio e transferências internacionais que você realizou.
  7. Se você não possui conta ativa em um banco, pode emitir a certidão de inexistência de contas em bancos.

Como fazer cadastro e login

Para ter acesso aos dados, o primeiro passo é fazer um cadastro no Registrato. Como já mencionamos, o principal documento solicitado é o CPF da pessoa que quer acessar os dados.

Veja como você pode se cadastrar:

  • Pelo celular: Acessando o aplicativo do seu banco, procurando a opção Registrato, você será encaminhado para o credenciamento na página do Banco Central e então é só acessá-lo.

Esta opção está disponível nos aplicativos das seguintes instituições financeiras:

  • Banco do Brasil;
  • Bradesco;
  • Caixa Econômica;
  • Itaú;
  • Santander;
  • Sicoob;
  • Sicredi.

Acessando o Internet Banking

Faça uma frase de segurança na página do Banco Central (acesse e preencha seus dados para obter a frase), em seguida acesse o Internet Banking do seu banco pelo computador e procure a opção Registrato para validar a frase de segurança, então conclua o credenciamento na página do Banco Central para a qual você será direcionado. 

Pronto, agora é só acessar o registro.

Com o login Gov.br

Caso o usuário já tenha um cadastro no Sistema Gov.br, ele pode utilizar esse login para acessar o Registrato sem ter que, necessariamente, criar um novo cadastro para o Registrato.

No entanto, o BC alerta que o acesso ao Registrato com o cadastro Gov.br só está liberado para aqueles que tenham o nível prata ou ouro nesse sistema.

Através do ‘Minha Vida Financeira’

Outra forma é através da seção “Minha Vida Financeira” do site do Banco Central. Com ela, o cidadão tem acesso à lista dos relatórios disponíveis e ao botão “Acesse o Registrato gratuitamente”, bem no topo do página.

Clicando nele, o usuário será redirecionado para uma página do Registrato onde poderá fazer o login (caso já tenha) ou criar um novo.

Gostou das dicas? Vai acessar para ver seu histórico financeiro? Deixe o seu comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.