Chat GPT – Inteligência Artificial – Como Usar, Como Funciona

O zapGPT é uma ferramenta de Inteligência Artificial (IA) que oferece diversos benefícios como redução de custos e agilidade. Ao configurar a IA de acordo com as necessidades do usuário, pode-se obter soluções personalizadas para problemas específicos. O Chat GPT lançado no final de 2022 se tornou um sucesso e pode ser gratuitamente integrado em outros aplicativos e serviços, representando uma mudança de paradigma.

 

O que é o Chat GPT?

O Chat GPT é um algoritmo baseado em inteligência artificial criado pelo laboratório OpenAI, sendo pautado em redes neurais e machine learning. Ele foi desenvolvido para oferecer ao usuário uma forma simples de conversar e obter respostas através dos assistentes virtuais como Alexa ou Google Assistente.

 

A arquitetura do Chat GPT se baseia em uma rede neural chamada Transformer. O OpenAI é uma organização sem fins lucrativos, fundada por Elon Musk, Sam Altman, Peter Thiel e Reid Hoffman.

 

Como funciona o Chat GPT?

 

O Chat GPT é uma rede neural que se baseia em informações coletadas na internet e transforma as consultas dos usuários em respostas criativas como textos, letras de músicas, contos, códigos de programação e receitas.

 

Além disso, é possível integrar o algoritmo a outros aplicativos por meio da API, permitindo que seja incorporado em serviços como Microsoft Word, WhatsApp e chatbots.

Como usar o Chat GPT?

 

O Chat GPT está disponível em português para usuários brasileiros e é gratuito, mas pode apresentar instabilidades devido ao grande volume de acessos. Está disponível em português; Planos pagos: custam US $20 por mês e oferecem acesso prioritário quando há congestionamento.

 

Acesse o site oficial do Chat GPT neste link, Para usar o serviço, basta acessar a página inicial e clicar em “Try Chat GPT”. Para realizar o login, existem três opções disponíveis: conta Google, Microsoft ou criando uma nova conta na plataforma.

 

Para prosseguir, é necessário que o usuário insira seu nome e sobrenome e clique em “Continue”. Ao fazer isso, significa que o usuário concorda com os termos de uso do serviço e confirma que tem mais de 18 anos.

 

O usuário deve inserir nome e sobrenome, concordar com os termos de uso e ter mais de 18 anos. Além disso, é necessário fornecer o número de telefone para verificação, incluindo DDD e código do país. Ao receber o código de seis dígitos por mensagem de texto, o usuário já pode fazer as perguntas desejadas no campo de busca.

 

GPT não é perfeito, mas estão buscando aperfeiçoá-lo constantemente para garantir a melhor experiência possível para o usuário

 

O GPT ainda é uma plataforma em fase beta e, portanto, as respostas dada por ele podem ser imprecisas. Os textos escritos pela plataforma ainda tem uma qualidade abaixo do conteúdo produzido por profissionais, mas há esperança de que a inteligência artificial evolua com o tempo. Principais pontos mencionados: imprecisão das respostas; qualidade abaixo do conteúdo produzido por profissionais; expectativa de que a IA evolua com o tempo.

 

O sistema tem recursos que impedem o uso da ferramenta de forma nociva. O algoritmo está baseado em informações até 2022, portanto, eventos posteriores não são compreendidos pelo mesmo. Testes com perguntas sobre estes eventos resultarão em respostas imprecisas ou incorretas.

 

Google intimidado?

 

O texto destaca que o Google enfrenta ameaças devido ao avanço do Chat GPT, que permite às pessoas “conversar” com um mecanismo de busca. Isso tem levado os usuários mais jovens a procurar informações diretamente nas redes sociais em vez de usar o Google. Como resultado, o Google está trabalhando para incorporar tecnologia semelhante ao Chat GPT em seu mecanismo de busca. 

 

Microsoft e a Meta estão reagindo à popularidade do Chat GPT. A Microsoft planeja incorporar recursos de Inteligência Artificial em seus produtos existentes, enquanto a Meta desacredita o Chat GPT. Além disso, o Baidu pretende lançar sua própria versão do Chat GPT.

 

Chatbots ainda não conseguem produzir textos de qualidade profissional, pois as experiências até o momento tiveram resultados imprecisos. A tecnologia precisa melhorar para que possa ser usada para escrever textos publicáveis.

 

O uso de Chatbots para produzir conteúdos tem sido cada vez mais comum, embora ainda não seja reconhecido por sua qualidade. O BuzzFeed anunciou a demissão de redatores e o uso de GPT para criar conteúdos, o que gerou reações mistas. Por outro lado, as escolas e universidades estão preocupadas com uso da tecnologia para trabalhos escolares, pois isso pode afetar negativamente o desenvolvimento educacional dos jovens.

 

Como usar o Chat GPT para estudar para provas e concursos?

O ChatGPT pode ser usado para ajudar os estudantes e professores a prepararem melhor suas aulas. Com ele, é possível fazer resumos, tirar dúvidas sobre livros, ter ideias para o TCC ou criar simulados sobre temas específicos. Um conteúdo especial foi preparado com várias dicas de como usar o ChatGPT para estudar.

 

Ele fornece recursos para criar resumos e tópicos para facilitar a visualização do assunto. Quando se trata de literatura cobrada em vestibulares e concursos públicos, as obras podem ter múltiplas interpretações e, às vezes, os leitores não têm tempo suficiente para reler trechos inteiros. 

 

Para ter sucesso na prova ou trabalho, não é necessário copiar as respostas. Utilize-as como um guia para compreender aqueles pontos em que você tem dúvidas de uma forma mais simples e intuitiva. Não se limite a memorizar respostas, busque entender o contexto para aplicar o conteúdo de forma criativa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top