Alistamento Militar 2023: Como fazer?

Com o início do ano, diversas obrigações ocorrem para os brasileiros e, para aqueles que estão prestes a completar 18 anos, uma delas é o alistamento militar. Sendo um procedimento obrigatório, saber como participar do Alistamento militar 2023 é essencial para os jovens brasileiros se manterem em dia com suas obrigações como cidadão.

Atualmente, além do tradicional alistamento presencial, também é possível realizar o procedimento pela internet. Dessa forma, essa opção foi viabilizada para diminuir as filas nas juntas militares, além de agilizar o processo para aqueles que desejam integrar o sistema militar.

Sendo assim, vamos te mostrar como fazer o alistamento militar, quais são os critérios para isso, e também as consequências de não realizar o alistamento obrigatório. Confira abaixo!

Como ocorrerá o alistamento militar em 2023?

Em 2023, o alistamento militar será obrigatório para todos os homens que completarem 18 anos, ou seja, aqueles que nasceram em 2005. Como mencionado, é possível realizar o procedimento na Junta Militar da sua cidade, ou através do site oficial.

Para se alistar, é necessário passar por cinco etapas, sendo elas:

  • Alistamento: neste processo inicial, os jovens se inscrevem para se dispor as Forças Armadas;
  • Seleção geral: após os primeiros resultados, os jovens são submetidos a exames médicos, entrevistas e testes de aptidão;
  • Designação: nesta etapa, o jovem deverá comparecer a uma organização militar, para conferir os requisitos para integrar as Forças Armadas;
  • Seleção complementar: nesta etapa, os jovens designados pelo alistamento realizam novas entrevistas e testes para, então, ser feita a seleção de quais deverão ser incluídos no serviço militar;
  • Incorporação: na etapa final, os jovens selecionados são inscritos nas Forças Armadas.

Contudo, vale citar que a maioria dos alistados conseguem dispensa, ou seja, não chegam a integrar o serviço militar.

Quais são os prazos do alistamento militar 2023?

Além de ser um processo obrigatório, é necessário que os jovens que devem se alistar sigam os prazos corretos do alistamento. Isso porque evita problemas com o serviço militar, especialmente a necessidade de um novo alistamento no próximo ano.

Sendo assim, para quem completou 18 anos neste ano, o prazo para alistamento é de 1º de janeiro a 30 de junho de 2023.

Durante todo esse período, todos os canais de atendimento militar sejam presenciais ou online poderão aceitar novos alistamentos. No entanto, esse prazo é válido somente para alistamento, sendo que as demais etapas de seleção terão seus prazos divulgados após os exames e entrevistas com os candidatos ao serviço militar.

Quem está isento do alistamento militar?

Conforme as regras atuais, alguns indivíduos estão isentos do alistamento militar 2023, sendo eles:

  • Jovens com incapacidade moral, pois cumprem alguma sentença por crime;
  • Portadores de deficiência física definitiva;
  • No entanto, é necessário pontuar que jovens com deficiência devem realizar o alistamento para, posteriormente, poderem solicitar a dispensa do serviço militar. 

Quais são as consequências de não se alistar?

Por ser um procedimento obrigatório para todo homem brasileiro acima de 18 anos, existem algumas consequências por não se alistar. Assim, isso vale para aqueles que ignoram o alistamento militar, ou o fazem fora do prazo.

Sendo assim, quando você não se alista, sofre as seguintes consequências:

  • Não poderá solicitar passaporte ou a prorrogação de sua validade;
  • Não poderá emitir Título de Eleitor ou qualquer outro documento;
  • Fica impedido de prestar concurso público;
  • Não poderá assinar controlar com o Governo Federal, Estadual ou Municipal;
  • Não poderá ingressar como funcionário público.

Dessa forma, além de mera formalidade, o alistamento militar garante direitos básicos a qualquer homem brasileiro. Portanto, não deixe de se alistar, nem mesmo realize o procedimento fora do prazo. 

Como fazer o alistamento militar em 2023?

Atualmente, existem duas formas de realizar o alistamento militar: presencial ou online. No caso do presencial, ele é obrigatório para pessoas que possuam alguma doença comprovada, para certificação do atestado médico.

Caso você não se enquadre nesse requisito, poderá facilmente realizar o alistamento militar pela internet. Em ambos os dados, é necessário pontuar que após o alistamento, os jovens estarão a dispor das Forças Armadas por 45 anos.

Sendo assim, confira como fazer o seu alistamento militar em 2023!

Como fazer o alistamento militar presencial?

Realizar o alistamento militar presencialmente é bastante simples. Para isso, basta comparecer à Junta Militar mais próxima, portando um documento oficial com foto, CPF e um comprovante de residência. Em seguida, basta preencher o formulário de alistamento e aguardar os próximos passos da seletiva. 

Como fazer o alistamento militar 2023 online?

Pensando em facilitar a vida de milhões de jovens, foi criado um site para o Alistamento Militar obrigatório. Na prática, o processo funciona de forma similar ao presencial, no entanto, completamente online. Sendo assim, confira como se alistar online:

  • Para começar, acesse o site do Alistamento Militar e clique na opção “Quero me alistar”;
  • Em seguida, caso não more no exterior ou não tenha problemas de saúde comprovados, clique na opção “Alistamento militar”;
  • Logo após, acesse o portal com os seus dados de login do Gov.br;
  • Por fim, informe o seu CPF e preencha o formulário de alistamento.

Após isso, uma tela aparecerá para mostrar os próximos passos do alistamento, ou do recebimento do Certificado de Dispensa da Incorporação (CDI).

Vale salientar que o alistamento militar online não isenta o jovem ao Juramento à Bandeira. Inclusive, a data para essa celebração será informada no fim do processo, haja dispensa por contingente. 

Quais são os documentos necessários para fazer o alistamento militar 2023?

No caso do alistamento presencial, é necessário que os jovens compareçam à Junta Militar portando alguns documentos, sendo eles:

  • Certidão de nascimento;
  • Documento oficial com foto (RG, carteira de trabalho ou passaporte);
  • Comprovante de residência.

No caso de estrangeiros, é necessário apresentar algum documento que comprove a naturalização como brasileiro. Por outro lado, brasileiros que não possuam os documentos acima poderão apresentar algum documento oficial para garantir o alistamento.

Por fim, após o alistamento presencial, o jovem poderá consultar os prazos para as novas etapas de seleção, ou de dispensa do serviço militar obrigatório. Inclusive, vale destacar que, independente da situação, o processo de Juramento a Bandeira continua obrigatório para todos os que se alistarem em 2023.

Leia mais: Como Emitir 2 Via Certificado de Alistamento Militar

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *