SESI Matrículas 2020 – Inscrições

As inscrições para o processo seletivo do SESI já estão abertas.

Da educação infantil à fundamental já foram lançados editais e, ainda, cursos técnicos estão sendo ofertados vide calendário de estado a estado, para qualificação profissional.

É sempre entre o início de novembro e dezembro que a instituição lança informações pertinentes como calendário, preços do ano e informativos dos cursos,  visando chamar a atenção de todas as idades.

Não sendo diferente, nesse momento estamos no período de matrículas para 2020, as quais podem se encerrar em breve devido à alta demanda. Não deixe de conferir!

Resultado de imagem para sesi 2020

Veja também:

Como funciona o SESI?

O Serviço Social da Indústria (ou só SESI) oferece serviços de saúde à comunidade em geral e seus beneficiários como parte de suas atividades.

Entre seus serviços diferenciados, a equipe também lida com administração e direção de escolas de nível de educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e cursos profissionalizantes.

A ideia partiu de um conceito de diversificar a própria clientela e criar um centro de ensino completo.

 

As vagas são suficientes?

O que vai nortear a quantidade de vagas oferecidas no SESI não é só a construção de um edital, mas a infraestrutura da unidade em que você pretende cursar.

Entre o fim e o início do ano a instituição estima uma quantidade de alunos x para entrar e realiza um processo seletivo com direito a edital.

No entanto, ultimamente muitos desses editais vêm sendo para cadastro de reserva (isto é, caso alguém desista), dado que o número de beneficiários da instituição está crescendo.

 

Como são feitas as inscrições pro SESI?

Diferentemente do que se imagina, o SESI é uma instituição versátil que aceita contato tanto de maneira presencial quanto online.

No entanto, no que se diz respeito às inscrições, elas são feitas apenas à distância.

Para participar do processo seletivo é necessário buscar o site da sua unidade estadual e requerer a inscrição.

Caso haja insucesso no contato, outra opção é telefonar, explicar a situação e tentar de forma presencial.

De qualquer maneira, o período de inscrições difere muito de acordo com a modalidade escolhida pelo candidato.

Se o objetivo são cursos profissionalizantes, uma boa ideia é acompanhar o calendário e tirar dúvidas quanto a turma, atividades realizadas e estrutura da unidade que você deseja frequentar.

No entanto, se as inscrições remetem educação infantil, ensino fundamental e médio, elas iniciam-se em meados de outubro e possuem previsão de encerramento entre o fim de novembro e início de dezembro.

Quais os documentos necessários para a inscrição?

Antes de mais nada gostaria de ressaltar que, diferente do que viemos abordando com frequência (cursos e avaliações gratuitas), a instituição é particular e, portanto necessita de pagamentos regulares.

Mas, não se preocupe: se você é trabalhador da indústria ou afiliado à instituição, alguns descontos podem ser somados, aliviando seu estresse.

De qualquer maneira, apesar da matrícula ser feita online, ainda é necessário agendar uma visita presencial para o recolhimento de documentos essenciais para envio à Secretaria de Educação. São eles:

DOCUMENTOS DOS RESPONSÁVEIS

  • Cópia do RG e CPF do aluno
  • Cópia do RG e CPF do Pai ou Mãe (caso não seja o responsável financeiro)
  • Cópia do comprovante de residência com CEP atualizado
  • Cópia da Carteira Profissional – página da foto, identificação e contrato de trabalho (necessária apresentação do original do pai e da mãe)
  • Guarda definitiva (caso o responsável financeiro não seja o pai ou a mãe)
  • Cópia dos últimos três contracheques que antecede a matrícula do pai e da mãe  (para industriário).
  • Pensionista ou aposentados: extrato do benefício ou extrato bancário (saldo ou guia de retirada não serão aceitos)
  • Extrato previdenciário emitido pelo INSS (em caso de não comprovação de vínculo empregatício)
  • E-mail atualizado do pai
  • E-mail atualizado da mãe

DOCUMENTOS DO ALUNO

  • 01 Foto 3×4 atualizada
  • Cópia do RG e CPF
  • Histórico escolar ou atestado de conclusão do Ensino Fundamental, atestado de frequência (alunos matriculados em outubro e novembro)
  • Cópia do comprovante de residência atualizado, caso não seja o mesmo do responsável financeiro.
  • E-mail atualizado

Como efetuo minha matrícula no SESI?

Bom, até aqui deu pra entender que tudo depende do desempenho do seu filho ou, talvez, você mesmo. O SESI é uma instituição rígida e muito tem a zelar antes de pensar em reduzir sua qualidade.

Depois de passar por todas as demais etapas, é importantíssimo assegurar sua matrícula entrando em contato com a unidade e/ou escola que deseja ingressar o mais rápido possível.

Lembre-se: cadastros de reserva são criados de tempos em tempos justamente para conter esse tipo de situação.

Em caso de desistência ou não confirmação, as vagas que sobram vão para aqueles que estão esperando um pouco mais (no caso, passaram no cadastro de reserva) ou beneficiários da instituição.

Ainda, em caso de lotação/preenchimento de todas as vagas, as remanescentes podem acabar sendo disputadas entre os beneficiários, de maneira que apenas os melhores pontuados terão chance.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.