Resultado Trilhas de Futuro 2022 Cursos Governo MG

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) já divulgou o resultado da alocação das vagas para os cursos técnicos gratuitos do Trilhas de Futuro 2022, programa criado pelo Governo de Minas. Todos os candidatos selecionados devem se matricular na instituição para a qual foram encaminhados até o dia 6 de maio de 2022.

Lembrando que nesta segunda edição do programa foram abertas 40 mil vagas para formações profissionais gratuitas, com mais de 70 opções de cursos em 110 municípios mineiros. As opções de cursos são oferecidos por escolas de ensino técnico privadas e públicas, em parceria com o Governo do Estado.

Além da formação técnica gratuita, o Trilhas de Futuro oferece ainda uma ajuda de custo de R$18 por dia para alimentação e transporte. Se você se inscreveu e quer saber se conseguiu uma das vagas, é preciso acessar a página do Trilhas de Futuro, informar o número de inscrição ou o documento utilizado na hora do cadastro, além dos dados de filiação e a data de nascimento.

Vale destacar que cada candidato pode se matricular em apenas uma opção de curso. Caso o classificado para uma das vagas que não realizar a matrícula no prazo estipulado perderá o direito de realizar o curso técnico. A previsão de início das aulas é para 25/7.

Trilhas de Futuro: Critérios de seleção

Este ano, o programa Trilhas de Futuro recebeu mais de 200 mil inscrições entre os dias 7/4 e 25/4. Os candidatos tiveram a oportunidade de indicar até três cursos de sua preferência e o turno desejado.

Outro ponto importante é que a iniciativa é direcionada para estudantes de escolas públicas e privadas regularmente matriculados no 2º e 3º anos do Ensino Médio ou em qualquer período da Educação de Jovens e Adultos (EJA) – Ensino Médio e também jovens que já concluíram essa etapa de ensino.

Entenda também que os candidatos foram selecionados de acordo com a disponibilidade de cursos, vagas nas instituições e cursos prioritários indicados pelos candidatos, respeitando a seguinte ordem de prioridade:

  • Estudantes que estejam cursando o 3º ano do ensino médio na rede pública estadual;
  • Estudantes que estejam cursando o 2º ano do ensino médio na rede pública estadual;
  • Estudantes que estejam cursando a EJA – Ensino Médio na rede pública estadual;
  • Estudantes que estejam cursando o 2º ou 3º ano do ensino médio na rede pública federal ou municipal;
  • Estudantes que estejam cursando a EJA – Ensino Médio na rede pública federal ou municipal;
  • Estudantes que estejam cursando o 2º ou 3º ano do ensino médio na rede particular;
  • Estudantes que estejam cursando a EJA – Ensino Médio na rede particular;
  • Egressos do ensino médio, oriundos de qualquer rede.

Caso haja empate, são observados os critérios de candidato de idade menor, que não possui ocupação profissional, e sorteio. Além disso, o edital reserva 5% das vagas em cada curso para pessoas com deficiência.

Nova oportunidade para se inscrever

Atenção, pois os participantes que não foram chamados nesta etapa vão ter uma segunda chance para ingressar em algum curso profissionalizante de forma gratuita, oferecido pelo programa. Entre os dias 18/5 e 31/5, o Trilhas de Futuro oferecerá a chamada para vagas residuais. Dessa forma, qualquer candidato poderá se inscrever para as vagas ainda disponíveis.

Para as vagas residuais será adotado o critério cronológico das inscrições. Assim, o estudante deve escolher qual curso e em qual instituição deseja participar, a partir da listagem de vagas disponíveis a ser divulgada, e, por fim, precisa se encaminhar diretamente à unidade para a efetivação da matrícula.

Matrícula Trilhas de Futuro 2022

Quem for selecionado deve realizar a matrícula de forma presencial, na instituição de ensino indicada, levando os seguintes documentos:

  • Identidade ou certidão de nascimento;
  • CPF do estudante;
  • Para o estudante menor de idade, é necessária, ainda, a apresentação de documento de identidade e do CPF, originais e cópias, de um dos pais/responsáveis;
  • Comprovante de residência no nome de um dos pais/responsáveis ou do estudante, quando maior de idade;
  • Declaração de escolaridade, com indicação da etapa que o estudante está cursando, quando ainda estiver no ensino médio;
  • Declaração de conclusão ou histórico escolar, no caso de egresso do ensino médio.

Gostou das dicas? Você se inscreveu para o Programa? Deixe o seu comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.