Resultado ENEM 2021 – Como consultar

Quer garantir uma vaga nas melhores Faculdades? Em entrevista coletiva realizada hoje (29), o Ministério da Educação (MEC) anunciou que o o resultado Enem 2021 será divulgado no dia 11 de fevereiro. Lembrando que o processo para se inscrever é totalmente digital, feito através da Página do Participante

Continue lendo para saber mais sobre como consultar o resultado.

Datas Enem 2021

Acompanhe o cronograma do Enem e esteja atento às datas:

  • Pedidos de isenção da taxa e justificativa de ausência: 17 a 28 de maio de 2021
  • Resultado isenção da taxa: 9 de junho de 2021
  • Inscrições: 30 de junho a 14 de julho
  • Último dia para pagar a taxa: 19 de julho
  • Solicitação de atendimento especializado: 30 de junho a 14 de julho
  • Atendimento pelo nome social: 19 a 23 de julho
  • Resultado atendimento especializado: 27 de julho
  • Resultado nome social: 30 de julho
  • Provas: 21 e 28 de novembro
  • Resultado: 11 fevereiro de 2022

 

COMO CONSULTAR O RESULTADO ENEM 2021

  • Acesse a página do Enem 
  • No chat, clique em “Página do Participante – Entrar com gov.br”
  • Digite seu CPF, clique em “Avançar” e digite sua senha. Clique em “Entrar”.
  • Na próxima página você deve selecionar qual edição do Enem deseja consultar, caso tenha prestado a prova mais de uma vez 

O gabarito oficial do Enem já está disponível No entanto, ele só permite, no entanto, que o aluno saiba seu número total de acertos.

COMO RECUPERAR A SENHA DO ENEM

  • Acesse a página do Enem
  • No chat, clique em “Página do Participante – Entrar com gov.br”
  • Digite seu CPF e clique em “Avançar”
  • Selecione “Esqueci minha senha” e escolha algum modo de recuperação disponível. 

RESULTADO ENEM 

Vale ressaltar que os resultados estão divididos entre as cinco áreas do conhecimento: Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias e Redação.

COMO É CALCULADA A NOTA DO ENEM?

Cada questão do Enem tem um peso diferente. Por isso, pessoas que acertam o mesmo número de questões podem ter notas distintas. Isso acontece porque a prova é corrigida com base na Teoria de Resposta ao Item (TRI), que leva em conta a coerência das respostas do participante. Se o candidato acerta perguntas consideradas difíceis e erra as fáceis, o sistema aponta que há mais chances de ele ter “chutado” as respostas e a nota cai.

A redação é corrigida com base em cinco competências: domínio da língua portuguesa, compreensão da proposta da redação, seleção e organização das informações, capacidade de argumentação e, por fim, elaboração de uma proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Todas as competências têm o mesmo peso.

Então, o seu resultado final vai depender do curso e da universidade escolhidos. No Sistema de Seleção Unificada (SiSU), por exemplo, algumas faculdades determinam pesos diferentes para as áreas do conhecimento, enquanto em outras todas elas têm o mesmo peso.

Para saber qual é a sua média, veja os critérios estabelecidos pelo curso que você deseja entrar e, então, faça o cálculo. Se o peso for igual para todas as áreas do conhecimento, basta somar todas as notas e dividir por cinco para obter a média final.

Gostou das dicas? Deixe o seu comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.