Como Passar em Concursos Públicos em 2022

Você deseja passar em concursos públicos em 2022? Então confira as principais dicas de como iniciar os estudos e ser aprovado mais rapidamente. Tenha em mente que é possível, basta ter disciplina e criar uma rotina de estudos.

Continue lendo para saber mais.

Dicas de como passar em concursos públicos em 2022

Confira as principais dicas que vão te ajudar a estudar e manter o foco para ser aprovado em um concurso:

Escolha do certame

Uma das primeiras decisões que você precisa fazer para obter resultados melhores no estudo para concurso é definir um foco. Principalmente porque os editais estão cada vez mais específicos. Ou seja, o rendimento de quem está “estudando matérias comuns de todos os concursos” cai muito!

A razão é óbvia: mesmo que dois certames cobrem Língua Portuguesa, existem outros pontos que precisam ser considerados como abordagem, perfil da banca, dificuldade dos itens e relevância dos assuntos. Tudo isso transforma a maneira de estudar uma matéria.

Qual concurso escolher?

Essa é uma dúvida muito comum, especialmente em um contexto de tantas oportunidades que será o ano de 2022. Uma forma de decidir é colocar no papel quais são os pontos que definem a vaga dos seus sonhos: é a remuneração? O local? A área? Qual nível seria possível ou melhor para você?

Estabelecer esses pontos pode ajudar muito nas suas buscas. Conhecer as carreiras e as matérias específicas de cada prova também é fundamental. Por fim, se você quer ser aprovado de maneira mais rápida, também é preciso estar atento às oportunidades previstas e abertas.

Tipos de concurso público: como escolher para qual estudar?

Busque se dedicar a um concurso por vez. Se o seu foco é conquistar uma aprovação mais rápida, não faz sentido dividir sua energia para diversos outros certames, não é verdade?

Dito isso, existem sim editais muito similares que podem ser conciliados. Essas seleções costumam se estabelecer para a mesma carreira e às vezes apresentam uma intersecção de conhecimentos de quase 100%! Porém, aqui vai um segredo para não se prejudicar: tenha sempre uma seleção principal e a outra como seu plano B.

Se as provas do seu concurso B forem marcadas em um período posterior às provas do concurso A, melhor ainda! Assim, você termina o estudo para o concurso A e, depois das provas, pode se dedicar aos detalhes específicos do Concurso B. 

Como passar em concursos públicos em 2022: como iniciar os estudos

Organização é muito importante, especialmente nos estudos para concurso: já que, na maioria das vezes, você estará correndo contra o tempo, tentando estudar o máximo de matérias relevantes no menor tempo possível.

Um bom plano de estudos pode garantir que seus horários sejam utilizados da melhor maneira possível. Abaixo listamos para você as principais características de um bom cronograma ou ciclo de preparação. Confira:

  • Precisa ser baseado no edital e provas passadas: Quanto mais específica for a sua preparação, maiores serão as chances de obter resultados concretos com seus estudos para concursos. Um bom plano de estudos é aquele feito com o edital e prova passada de lado, observando tanto os conteúdos integralmente cobrados, como aqueles que têm a tendência de aparecer mais.
  • É proporcional: um bom plano de estudos não dedica o mesmo tempo para todas as matérias, mas engloba todas elas. Afinal, o objetivo é otimizar o seu tempo.  Nesse sentido, não é nada produtivo dedicar a mesma energia para uma matéria que quase não cai para uma que é quase regular nas avaliações, não é mesmo?
  • É realista: não adianta nada definir que você estudará 8 horas por dia se a sua rotina diária não permite. Metas muito bruscas e ambiciosas poderão contribuir para a procrastinação e frustração. Não importa se você tem 8, 6, 4 ou 2 horas para estudar por dia: o mais importante é ser sincero consigo mesmo e buscar a constância nas rotinas.
  • Não exagere no tempo para cada matéria: de modo geral não é recomendado dedicar mais de 2h30 para uma única matéria em uma rotina diária. A diversidade é essencial no estudo para concurso!

Selecione bons materiais de preparação

Escolher os materiais é essencial para otimizar seus estudos para concurso. Saiba que a meta é encontrar conteúdos claros, atualizados e relevantes para os seus objetivos. Normalmente, o recomendado é utilizar apenas um canal de materiais, já que você se acostuma com a linguagem e os métodos de ensino com o passar do tempo.

Além disso, a variedade de recursos também é importante: por mais que o estudo para concurso “padrão” seja baseado em PDFs, vídeoaulas e questões, existem outras técnicas que podem otimizar ainda mais a sua preparação. E o melhor, essa estratégia também pode trazer mais dinamismo para a sua rotina, já que continuar a fazer exatamente a mesma coisa todos os dias pode acabar se tornando maçante.

Dentre os recursos complementares, podemos citar resumos, mapas mentais, flashcards, aulas interativas, entre outros!

Organize o seu local de estudos

A forma como você organiza seu local de estudos também influencia diretamente no seu rendimento. Você com certeza já deve ter visto aquelas mesas bonitas, repletas de post its, quadros e decorações. Entenda que, mesmo que pareça o cantinho de estudos ideal, essa organização repleta de informações pode prejudicar no seu rendimento. Afinal, a sua atenção está sendo “requisitada” em vários locais distintos a todo o momento de maneira inconsciente.

É claro que isso não quer dizer que você não possa personalizar o seu local de estudos como preferir. Só tome cuidado com o excesso de decorações, ok? Vamos manter o maior foco naquilo que mais interessa: o estudo do momento.

Resolva questões desde o início

Não cometa o erro de achar que as questões de concurso e simulados devem ser reservados apenas para os momentos finais dos seus estudos ou só quando você sentir que “já entendeu toda a matéria”. Na verdade, a recomendação é que você resolva o maior número possível de questões desde o início da sua preparação, mesmo que comece errando bastante.

Isso porque você está se preparando para uma avaliação baseada em questões e precisa se acostumar com esse padrão específico de cobrança. Além disso, os erros podem ser otimizados, transformando-se em mais uma ferramenta de aprendizado.

Não fuja da lei seca

O estudo de legislação não é um tópico muito popular entre os concurseiros. Afinal, a leitura de alguns dispositivos legais pode ser longa, repleta de detalhes e complicada. Ainda assim, é algo que precisa ser feito: basta pensar que a maioria das questões de concurso sobre o tema são baseadas na literalidade da lei.

Mantenha a constância

Vale destacar que o grande segredo para a aprovação em concursos públicos não está exatamente em quantas horas diárias você estuda; e sim na qualidade e constância das rotinas. 

Estudar todos os dias, mesmo que seja somente resolvendo questões, ouvindo uma videoaula ou adiantando a leitura de uma legislação: quanto mais o conteúdo fizer parte da sua rotina, menos poderá surpreendê-lo no dia de sua avaliação.

Tenha em mente que o estudo é um hábito e como é o caso para a maioria deles, demora um pouco para ser assimilado pelo seu corpo. Depois que isso acontece, contudo, suas rotinas vão se tornando progressivamente mais simples.

É importante reservar um tempo para descansar

Por fim, ter momentos de pausa e descanso vai garantir que você não ultrapasse seus limites, chegando a um nível de exaustão em que não poderá mais render. Entenda os concursos públicos como uma maratona: é preciso correr sempre poupando parte das forças para poder dar tudo de si na reta final.

Uma boa dica é programar suas pausas assim como fez com cada matéria. Assim, você terá um momento regrado para descansar, sem prejudicar o restante da preparação.

O que achou das dicas? Deixe o seu comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.