Bolsa Família | Cadastro

O Bolsa Família é um Programa do Governo Federal criado no ano de 2001 (dois mil e um) com o objetivo de atender famílias carentes que encontram-se em duas situações distintas pelo Programa Bolsa Família, para receberem o benefício as famílias devem estar em situação de pobreza ou extrema pobreza, para receber o benefício é necessário que a família tenha renda inferior a R$170,00 (cento e setenta reais) ou renda per capita inferior a R$80,00 (oitenta reais).

O Cadastro no Programa Bolsa Família deve ser realizado nos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS), criados para atenderem famílias carentes tem como determinação do Programa Bolsa Família a localização nas periferias de centros urbanos, além das unidades localizadas em regiões de extrema necessidade, os Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) possui unidades móveis que permite atendimento de famílias carentes em regiões distantes ou de difícil acesso.

Bolsa Família

O que é CADUNICO e NIS?

É chamado CADUNICO o cadastro no Bolsa Família, abreviação de Cadastro  Único. O CADUNICO é o cadastro realizado nos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS), para fazer o CADUNICO é necessário a nomeação de um responsável pela família que será responsável pelo Cartão Bolsa Família e recebimento do benefício, o responsável deve estar desempregado uma vez que receberá um Número de Inscrição Social (NIS) que corresponde ao Número do Cartão Cidadão.

O número do Cartão Cidadão é o utilizado para trabalhadores que recebem PIS , quando o beneficiário é empregado o Número de Inscrição Social (NIS) passa a ser o Número do Cartão Cidadão e será utilizado para que o trabalhador receba diversos benefícios exemplo o Seguro Desemprego e PIS por isso o Responsável pelo recebimento do Bolsa Família não pode estar empregado.

Como fazer o CADUNICO?

O Cadastro Único (CADUNICO) deve ser realizado nos Centros de Referência Social (CRAS), para fazer o cadastro o responsável deve estar munido de documentos que comprovem situação da família, número de pessoas que residem no endereço, comprovante da presença de crianças em idade escolar, comprovante de deficiência física e outros. Confira, lista de documentos necessários para a realização do CADUNICO:

  • Comprovante de endereço de preferência Conta de Luz para fazer cadastro de desconto da Conta de Luz, nos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS);
  • Comprovante de Matrícula escolar, crianças e jovens de até 17(dezessete) anos de idade;
  • Registro do Aluno (RA) para bolsistas de instituições particulares;
  • Carteira de Trabalho, se existe trabalhador na residência é necessário comprovar renda per capita inferior à R$80,00 (oitenta reais), a Carteira de Trabalho também comprova a falta de emprego quando o responsável pela família está desempregado e Não Recebe Seguro Desemprego;
  • Carteira de Identidade (RG);
  • Cartão Cidadão para utilização do Número do PIS como Número de Identificação Social (NIS), o trabalhador que tiver o Cadastro Alterado e tenha processo relacionados ao Número do PIS não terá o benefício suspenso, junto ao Ministério do Trabalho o Número do Cartão Cidadão continua sendo utilizado para PIS, a alteração somente é realizada no Sistema da Caixa Econômica Federal para Recebimento do Bolsa Família.

Como é Realizado o Pagamento do Bolsa Família?

Após a aprovação no Cadastro Único (CADUNICO) o responsável pela família cadastrada recebe um Cartão Bolsa Família, o Número do Cartão Bolsa Família é o mesmo do Cadastro Único (CADUNICO), desta maneira o recebimento é feito através de Contas da Caixa, o dinheiro pode ser sacado em Casas Lotéricas, Agências da Caixa e também no Caixa Eletrônico da Caixa.

O responsável pelo benefício pode optar também por receber o Bolsa Família através de Conta Corrente da Caixa Econômica Federal, o saque pode ser feito em Agências da Caixa ou Caixa Eletrônico e o beneficiário tem direito a todos os benefícios da conta Empréstimos, Cartão de Crédito e outros.

O valor do Benefício do Bolsa Família 2018 (dois mil e dezoito) manteve média de R$85,00 (oitenta e cinco reais) para beneficiários variáveis por exemplo crianças em idade escolar, e de R$195,00 (cento e noventa e cinco reais) para famílias que encontram-se na faixa de extrema pobreza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *