Como Pagar DAR Atrasado Prazo até 31 de Maio

O recolhimento do IR sobre alguns tipos de rendimentos é de responsabilidade do próprio contribuinte e deve ser feito até 31 de maio. Mas e quem acabou perdendo o prazo? Confira como pagar DAR atrasado.

Pessoas que são assalariadas ou recebem aposentadoria do INSS sabem que o recolhimento do imposto de renda, no caso desses rendimentos, é feito pelo empregador ou pela própria Previdência Social, conforme o caso.

Além disso, investidores também devem ter percebido que existe uma série de aplicações financeiras tributadas na fonte, isto é, cujo recolhimento do IR é feito pela própria instituição financeira antes de o rendimento ser depositado na conta do cliente. Por exemplo, é o caso dos fundos de investimento e das aplicações de renda fixa, por exemplo.

Porém, há uma série de outros rendimentos cujo recolhimento do imposto de renda é de responsabilidade da pessoa física que os recebe.

Como o imposto sobre ganhos líquidos com operações em bolsa (venda de ações, fundos imobiliários, ETFs, entre outros ativos), do ganho de capital com a venda de bens (imóveis, criptomoedas, entre outros) e dos rendimentos recebidos de outra pessoa física ou do exterior, aqueles sujeitos ao carnê-leão (aluguéis, pensão alimentícia, rendimento do trabalho autônomo, aplicações financeiras no exterior etc.).

Em todos esses casos, o contribuinte deve apurar o imposto devido, gerar um DARF para pagamento e recolher o IR. O prazo também é o mesmo para todos esses tipos de rendimentos: o último dia útil do mês seguinte ao mês em que ocorreu a operação que gerou o rendimento.

Ou seja, se você recebeu o rendimento, por exemplo, no mês de maio de 2021, você tem até o último dia útil de junho do mesmo ano para pagar o imposto de renda.

Continue lendo para saber mais.

DAR Atrasado está sujeito a multa e juros

Para quem perdeu esse prazo, é preciso pagar o imposto em atraso, acrescido de multa e juros de mora sobre o imposto devido.

Tenha em mente que a multa é de 0,33% ao dia de atraso, limitada a 20% do valor do imposto devido. Já os juros de mora correspondem à Selic do período que vai do mês seguinte ao do vencimento do tributo até o mês anterior ao pagamento, mais 1% referente ao mês do pagamento.

O mesmo vale para o imposto de renda a pagar ao final do preenchimento da Declaração de Ajuste Anual. Após declarar o imposto de renda, é possível que o contribuinte ainda tenha IR a pagar. Nesse caso, ele precisa gerar o DARF no próprio programa gerador da declaração e recolhê-lo até a data de vencimento informada. Se perder o prazo, paga os mesmos encargos.

Vale ressaltar que o programa gerador da declaração já gera o DARF com a multa e os juros, se necessário. Os demais programas auxiliares da Receita usados para calcular o IR devido, porém, só geram o DARF para pagamento dentro do prazo. E quem perdeu o prazo, faz como?

Como pagar imposto de renda em atraso?

A solução é usar um outro programa auxiliar da Receita, o Sicalc, disponível online. Ele costuma ser utilizado para a emissão de DARFs para recolhimento de IR sobre ganhos líquidos em bolsa de valores.

Entenda que o Sicalc gera DARF para qualquer tipo de rendimento cujo recolhimento de IR seja de responsabilidade do próprio contribuinte, inclusive para pagamento do imposto de renda em atraso, já com a multa e os juros. Sendo assim muito útil.

Dessa forma, se você atrasou o pagamento do imposto de renda sobre ganhos líquidos em bolsa, emita o DARF normalmente pelo Sicalc, utilizando o código 6015, que ele já virá com os encargos.

Se você atrasou o pagamento sobre algum ganho de capital, utilize o programa GCAP do ano em que você obteve o referido ganho de capital para calcular o rendimento e o IR devido.

Depois, preencha o Sicalc com o código 4600, referente a Ganhos de Capital, a data da transação e o valor do imposto de renda calculado e emita o DARF com os encargos.

Por fim, caso você tenha atrasado o recolhimento do IR sobre algum rendimento sujeito ao carnê-leão, utilize o programa Carnê Leão referente ao ano em que o rendimento foi recebido (na versão baixada, para rendimentos recebidos até 2020, ou na versão web, para rendimentos recebidos a partir de 2021) para calcular o imposto de renda devido.

Depois, preencha o Sicalc com o código 0190, referente ao Carnê Leão, a data da transação e o valor do imposto de renda calculado e emita o DARF com os encargos.

Ficou com alguma dúvida? Deixe o seu comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.